O fato é que está se tornando cada vez mais difícil ignorar o enorme potencial do comércio eletrônico da Internet. Se você está vendendo produtos ou serviços online ou tem qualquer outro tipo de negócio, você precisa da Internet para promover o seu negócio como mais e mais consumidores estão fazendo buscas online para encontrar o que eles estão procurando. 

Cada vez mais mulheres optam por trocar as responsabilidades do mundo corporativo por uma nova e ainda mais árdua, ainda que deliciosa, função: ser mãe.  Mas o tempo passa, a licença-maternidade acaba, e aquela vontade de voltar ao mercado de trabalho aumenta na mesma proporção a coragem de deixar o bebê diminui. O dilema comum é resolvido de maneira prática por muitas mulheres: trabalhar em casa. CRESCER conversou com quatro mães empreendedoras que abriram negócios que funcionam pela internet para acompanhar a maternidade de perto. Inspire-se e tire sua ideia do papel!
×