Bom dia. Acabei de chegar da suposta formação. É claro que, não aceitei. Fui à APLAUDE ÊXITO em S.M.Feira. Como já tinha lido tudo o que dizia aqui, já fui mais preparada. Mandaram-me sentar e esperar. De repente, vem uma mulher, c um homem e diz que aquele irá ser o meu formador e que terei de o acompanhar o dia todo. Não aceitei. 2º não o conhecia de lado nenhum. 2º Teria de ir no carro dele. Nunca faria isso! É horrível, dizerem-nos e falarem-nos em secretariado e depois dar-mos c vendas porta-a-porta.
O Scoopshot é mais um site para fotógrafos de todo o mundo. Basta tirar uma foto, enviá-la à plataforma, adicionar descrição e localização e vendê-lo para obter a seu dinheiro. No geral, os próprios clientes definem o que estão procurando e quanto estão dispostos a pagar, então fica mais fácil de saber seu lucro com cada trabalho. Clique aqui para conferir.
A minha aventura com estes sacanas foi em finais de Novembro e durou apenas 3 dias. Não foi preciso muito tempo até descobrir a verdadeira careca deles. Quando percebi que as condições que me haviam prometido não se estavam a confirmar pedi para falar com o director, um tal de Ryan Tracy (muitos de vocês devem conhecer) e que inicialmente até parecia ser porreiro, que primeiro quando percebeu a minha desconfiança teve um vipe e começou aos gritos comigo, depois, percebeu que tinha de me cativar e não só me escoltou até ao terreno onde me estava a dar uma lavagem cerebral a dizer que este e aquele comercial a semana passada tinham ganho em vendas 80, 100 e até 600€, como estava todo simpático e meiguinho
Eu sabia como usar o Pinterest para conseguir novas ideias para produzir conteúdo. Mas eu não sabia usa-lo estrategicamente para ganhar dinheiro. Até descobrir recentemente que é possível conseguir uma enxurrada de tráfego gratuito através do Pinterest. E enxurrada de tráfego é igual a muitas vendas! Por isso eu tratei logo de aprender como usar o Pinterest estrategicamente para ter mais...
Determinado Conteúdo do Usuário pode estar publicamente disponível em algumas seções do Portal Infojobs (ou outros portais pertencentes a ele como PandaPé), ou, dependendo das configurações de privacidade do Usuário. O usuário deve enviar apenas o Conteúdo do Usuário que ele deseja compartilhar publicamente com os outros sob estes Termos Legais de Uso e de acordo com a Política de Privacidade do Portal.
Se você gosta de trabalhar com computadores e internet essa é uma ótima opção. Há várias maneiras de trabalhar nessa categoria, seja como Afiliada (divulgando Info produtos e ganhando comissões), com seu próprio site que pode ser de um assunto que conheça ou queira aprender, divulgando produtos pelo Youtube através de vídeos. Opções de aprendizado: Fórmula Negocio Online ou Top Afiliado

já não é pratica comum ter que ir munido do nosso CV a uma entrevista. Já o enviamos, e se nos chamaram é porque o têm e já o leram. Por isso eles têm, nao precisamos nós de levar. desconfiem semre de offertas que nos convidam a ligar para marcar entrevista. Nenhuma empresa a srio pede para nós ligarmos para sermos entrevistados. Eles se nos querem entrevistar ligam-nos eles. Um abraço, e boa sorte a todos!

Nos formulários de Registro onde são recolhidos dados de caráter pessoal, serão assinalados os distintos campos cuja conclusão seja necessária para o registro correspondente. Assim, salvo que se indique o contrário, as respostas às perguntas sobre dados pessoais são voluntárias, sem que a falta de resposta às referidas perguntas implique um declínio na qualidade ou na quantidade dos serviços correspondentes, a menos que se indique outra coisa.

Sra Psicóloga, deixe-me corrigi-la: se pesquisar na internet alguns nomes de empresas da mesma família(está a ver essas folhinhas que estão afixadas na parede da "atmosfera" com os rankings de vendas, com o objectivo de provocar o greed nos colaboradores...?)ou mesmo o nome do director vai ver que não é só em Portugal que há neuróticos com a mania da perseguição; também os há, pelo menos, em Espanha e no Reino Unido, aos milhares, a relatarem os mesmos factos.


Os burlões fazem-se passar por representantes de empresas de empréstimo falsas e utilizam documentos, endereços de correio electrónico e sites Web com um aspecto autêntico para aparentarem ser legítimos. Cobram “taxas” antes de fazerem os empréstimos. Os clientes pagam, mas nunca recebem os empréstimos. Os burlões desaparecem e, por vezes, mudam regularmente o nome das “empresas” para evitarem as autoridades de aplicação da lei. 
Outra maneira de ganhar dinheiro online é por meio de consultoria. Se você é especialista em algum assunto, pode encontrar pessoas dispostas a pagar para receber conselhos sobre suas metas pessoais ou comerciais. Você pode até não se achar relevante o suficiente para ser consultor de grandes empresas, mas vai se surpreender com os tipos de conhecimento nos quais as pessoas estão dispostas a investir.
3. Cuidado com ofertas de emprego que não são específicas. Pam Dixon, pesquisadora do World Privacy Forum, diz que, quanto mais generalizada for a oferta, menos confiável será. Ela diz também: “Frases do tipo ‘temos milhares de vagas’ ou ‘trabalhamos com as maiores empresas’ são um sinal de alerta. Pedidos para enviar uma cópia de seu currículo também podem representar problemas.”
Enviei há dias uma denúncia sobre a campanha da UNICEF pela axes market, que em Coimbra é Infolivre, em Aveiro é a Tons de Exemplo, que tem lá um coordenador com 21 anos que é um autentico pau mandado e tem neste momento 3 funcionários a recibos verdes que ganham a 2.50€ à hora e têm que angariar 20 donativos para começar a receber comissões! Andam a trabalhar de graça e ainda pagam impostos! Se virem algum anúncio com estas referências afastem-se!!`´E que apesar de serem diferentes campanhas, os métodos são os mesmos...impressionante! já alguém viu vídeos de um mexicano a falar sobre motivação? em 5 meses vi-o praí umas 6 vezes..
“Trabalhava em uma agência de propaganda e, assim que comuniquei que estava grávida, fui demitida. Passei a gravidez inteira pensando no que faria para ganhar dinheiro - o que foi ótimo, pois consegui me planejar com calma e organização. Só tinha uma certeza: não queria ser apenas um número em qualquer empresa; não seria mais descartável. Então, fui ser minha própria chefe. A ideia de lançar minha marca infantil, a It Babies, surgiu quando comecei a procurar roupas para a minha filha e tive dificuldade de encontrar peças básicas e acessórios descolados. Foi aí que identifiquei uma brecha no mercado. Para poder ficar com a minha filha, optei pela venda online, pois conseguiria trabalhar e divulgar os produtos de casa. Além disso, é uma opção mais barata, pois não pago aluguel, não preciso de funcionários, não tenho horário. A plataforma online é mais prática também: o controle do estoque é automático e a exposição dos produtos é mais organizada. Apesar de ser virtual, o cliente se sente mais seguro quanto ao pagamento e políticas de troca do que ao fazer uma compra pelo Instagram, por exemplo. Para escolher a plataforma que melhor me atendia, pesquisei muitas lojas virtuais e fui anotando tudo de que gostava e não gostava sobre o processo de compra. Passei tudo para uma agência especializada e eles me deram sugestões. Uma boa plataforma faz toda a diferença, pois é o que substitui o contato físico; é a ponte entre você e o consumidor.
×