Enviei há dias uma denúncia sobre a campanha da UNICEF pela axes market, que em Coimbra é Infolivre, em Aveiro é a Tons de Exemplo, que tem lá um coordenador com 21 anos que é um autentico pau mandado e tem neste momento 3 funcionários a recibos verdes que ganham a 2.50€ à hora e têm que angariar 20 donativos para começar a receber comissões! Andam a trabalhar de graça e ainda pagam impostos! Se virem algum anúncio com estas referências afastem-se!!`´E que apesar de serem diferentes campanhas, os métodos são os mesmos...impressionante! já alguém viu vídeos de um mexicano a falar sobre motivação? em 5 meses vi-o praí umas 6 vezes..

Ora, qualquer pex que procure trabalho, como eu, envia todas as resposta que conseguir para anúncios de trabalho e foi a tentar perceber a qual anúncio correspondia a entrevista que tentei pesquisar a empresa... Dada a falta de informação do mail, só consegui descobrir qual era a empresa através da extensão do remetente do mail - xxxx@axesmarket.com!!!


A Empresa se compromete a utilizar a Entrevista Virtual internamente e exclusivamente para fins de contratação e seleção de Candidatos, tratando a Entrevista Virtual de forma sigilosa e se comprometendo a não divulgar o seu conteúdo para terceiros ou a disponibilizá-lo em locais de acesso público. O conteúdo da Entrevista Virtual é confidencial, intransferível, de uso exclusivo da Empresa, e assim deve ser tratado.
Advogadas não deixam de ser advogadas só porque ficaram grávidas. Aproveite sua experiência para auxiliar pequenas empresas e pessoas físicas em questões jurídicas preventivas como assinatura de contratos, direitos do consumidor e direitos trabalhistas. O compartilhamento de documentos online e ferramentas como o Whatsapp podem lhe permitir resultados até melhores do que em um escritório convencional.

Cara formadora da empresa, licenciada: concordo consigo quando diz que "num país onde não há grandes oportunidades, há-que agarrar todas as que nos surgem certo?", no entanto há que ter em conta que qualquer pessoa no seu perfeito juízo procura uma oportunidade de crescer profissionalmente e, acima de tudo, de alcançar alguma autonomia financeira - ou mesmo ganhar o suficiente para satisfazer as suas necessidades básicas, como comida e habitação. Ora, esta empresa(já não sei que nome hei-de mencionar) não só não oferece quaisquer garantias, como ainda implica que o trabalhador "invista" em alimentação, deslocações, enfim, todas as despesas inerentes ao desempenho da função. <<<<
×