Assim, você utilizará suas horas vagas para ir produzindo as peças e entregando aos clientes. O investimento inicial pode ser um pouco alto, comparando com as outras opções de trabalho que mostrei até aqui, porque você precisará adquirir maquinas de costura e algumas poucas matérias primas, mas vale a pena trabalhar na área se você já possui conhecimento e habilidade com a costura.
Cada vez mais mulheres optam por trocar as responsabilidades do mundo corporativo por uma nova e ainda mais árdua, ainda que deliciosa, função: ser mãe.  Mas o tempo passa, a licença-maternidade acaba, e aquela vontade de voltar ao mercado de trabalho aumenta na mesma proporção a coragem de deixar o bebê diminui. O dilema comum é resolvido de maneira prática por muitas mulheres: trabalhar em casa. CRESCER conversou com quatro mães empreendedoras que abriram negócios que funcionam pela internet para acompanhar a maternidade de perto. Inspire-se e tire sua ideia do papel!
×