Quando encontrarem alguem com um colete da UNICEF, fazem parte da AXES market que usa outro nome para fugir aos impostos e são uns aldrabões de primeira. o sistema de recrutamento e o mesmo aqui descrito por outras pessoas mas o intuito e de angariar donativos e não D2D. So gostam de quem trabalhe a recibos verdes porque assim lavam as mãos em caso de infortunio e alteram o nome no formulario do donativo angariado caso a pessoa vá embora e assim ficam com a comissão indevidamente. Dizem que se a pessoa não fica e porque não queer trabalhar e dizem que aquele trabalho e que é bom... enfim.

Por último, mas não menos importante: você também pode ganhar dinheiro criando uma comunidade online. As estratégias de monetização a serem seguidas variam de acordo com as suas metas. Você pode construir uma comunidade com um blog, por exemplo, criar um fórum e cobrar das pessoas pela associação ou criar um grupo no Facebook e usar sua influência para vender e promover produtos.
De acordo com a legislação brasileira, não é permitida a publicação de itens discriminatórios nos anúncios de emprego, tais como sexo, idade, raça, religião, condições de saúde, opção sexual, opinião política, nacionalidade, origem social, restrição creditícia ou comprovação de experiência profissional superior a seis meses. As informações citadas nas vagas são de total responsabilidade da empresa anunciante e contratante do serviço.
Desde o momento em que os Candidatos ou Empresas são considerados Usuários do portal INFOJOBS.COM.BR, e se encontrem registrados no Website, lhe serão remetidas mediante comunicações eletrônicas (correio eletrônico, SMS, ou qualquer novo meio de comunicação eletrônica) alertas, mensagens de empresas, convites a processos seletivos, notícias, promoções e comunicações comerciais relacionadas com INFOJOBS.COM.BR, no setor de recrutamento e seleção de pessoal, e formação.
Com o registro no Portal da Web, a Empresa automaticamente tem um perfil público ou uma página da empresa para fornecer informações gerais sobre ela, sua marca, incluir seus logotipos, informações sobre prêmios e reconhecimentos, divulgar os benefícios oferecidos pela empresa, bem como notícias e novidades sobre ela mesma. Da mesma forma, a Empresa pode incluir fotos e vídeos para mostrar a cultura da empresa ou qualquer outro Conteúdo do Usuário que julgue apropriado para o gerenciamento de sua reputação comercial, para melhorar sua visibilidade e contar a história de sua empresa.
Como alguém disse anteriormente, o marketing directo não é ilegal, mas creio que a forma como a empresa anuncia a função o é, porque leva a crer que é um emprego normal de vendedor/comercial(ou do que quer que seja) e depois afinal já é "por conta própria", sem hora de sair. Já para não falar nas sessões diárias de brainwashing e da pressão psicológica que fazem e incitam os colaboradores a fazer aos potenciais clientes.

Arquitetas e engenheiras também podem continuar atuando em sua área enquanto acompanham o crescimento dos filhos. Essas profissionais podem tornar a reforma de seus clientes mais baratas e mais seguras criando projetos online. Algumas mulheres também preferem ser atendidas por outras mulheres quando tratam de assuntos relacionados a reformas e construções.

Como muitos de vocês, assim que me acabei de candidatar ligaram-me, mas reparei no pormenor que nem tinham olhado para o meu CV, e assim que comecei a falar com a pessoa percebi que algo não batia certo, pesquisei o nome e encontrei este site. Felizmente só perdi uns minutos da minha vida com isto, nem sequer vou à prontamente marcada entrevista...
Os Dados do Utilizador recolhidos pela Volkswagen Autoeuropa não são partilhados com terceiros sem consentimento do Utilizador, com exceção das situações referidas no parágrafo a seguir. No entanto, no caso de o Utilizador contratar junto da Volkswagen Autoeuropa serviços que sejam prestados por outras entidades responsáveis pelo tratamento de dados pessoais, os Dados do Utilizador poderão ser consultados ou acedidos por essas entidades, na medida em que tal seja necessário à prestação das referidas solicitações.
Embora o Portal não tenha controle sobre as perguntas formuladas pela Empresa, não deverão ser feitas perguntas que possam ser interpretadas como discriminatórias, ofensivas, contrárias à legislação ou aos bons costumes ou que não cumpram qualquer uma das regras de publicação do Conteúdo do Usuário descritas acima. A responsabilidade sobre o conteúdo das perguntas é exclusiva da Empresa.
Como diz e muito bem, ser comercial porta-a-porta é um trabalho tão honesto como outro qualquer, e eventualmente até mais duro e ingrato, dada a pouca receptividade dos potenciais clientes. No entanto, não posso concordar consigo quando defende que o empregador não revele de imediato qual a função a desempenhar, já que o candidato é livre de estar ou não interessado na mesma. Até porque, como refere, é preferível andar de porta em porta do que passar fome, daí que eu acredite que muita gente iria à entrevista e permaneceria, mesmo sabendo de que tipo de trabalho se tratava. Para mim, a prática mais reprovável desta empresa é mesmo essa: a falta de clareza.

Os anúncios continuam a ter muitas visualizações, mas acredito que a tendência geral será fazer a pesquisa sobre a empresa e encontrar os nossos testemunhos. Infelizmente, quando me contactaram, pesquisei imenso e só encontrei aquele site muito básico e cheio de informações contraditórias(tal como, de resto, acontecia dentro da própria empresa). Só que queria mesmo arranjar emprego e acabei por cair na esparrela.


Ao se cadastrar como Candidato ao Portal, o Candidato autoriza expressamente o Infojobs a fornecer determinadas informações sobre ele para permitir o contato com as Empresas, respeitando sempre o nível de privacidade determinado pelo Candidato e de acordo com a Política de Privacidade e Proteção de dados do InfoJobs e a lei aplicável. Da mesma forma, o Candidato aceita e autoriza que o seu CV também esteja disponível para as Empresas, dependendo do nível de privacidade escolhido, no portal web PandaPé, que é a nova ferramenta de recrutamento Infojobs.
Muito boa tarde, respondi a um anuncio para Gestor Junior Licenciado,para AIM. no site empregos online. Tambem achei estranho tantas facilidades sou formado em Engenharia com mestrado, mas sempre gostei da área de Gestão e gostava de adquirir novas valências nessa área.No entanto o tambem achei estranho nao haver qualquer informação sobre a empresa e mais normalmente ligam para marcar entrevista não enviam email a pedir para nós ligarmos. Marcaram me para amanha e pediram pa levar curriculum em papel e ir bem vestido, vendo estes comentários é certo que não vou. Mas gostava que me dissessem para que cargos é que responderam.
Não vale a pena desfazerem-se em justificações e acusarem os portugueses de preguiçosos, refilões e pouco empreendedores, e de dizerem que é assim que o país não vai para a frente. Se realmente a vossa empresa é honesta, informem, desde logo, os candidatos acerca das funções a desempenhar, dos horários e das condições. Quem quiser arriscar, arriscará - todos os outros são livres de não aceitar. Se perdem ou ganham, é lá com eles, certo?
Até aos dias de hoje me custa a acreditar como é possível que instituições de prestígio como a UNICEF E VODAFONE trabalham com estes vigaristas, mas no fundo nada nos garante que eles não estejam a utilizar o nome da Vodafone e da UNICEF em vão. A realidade é que pelo que já foi relatado eles levavam o cliente a assinar um contrato de fidelização por 2 anos sem o saberem.

Bom dia. Acabei de chegar da suposta formação. É claro que, não aceitei. Fui à APLAUDE ÊXITO em S.M.Feira. Como já tinha lido tudo o que dizia aqui, já fui mais preparada. Mandaram-me sentar e esperar. De repente, vem uma mulher, c um homem e diz que aquele irá ser o meu formador e que terei de o acompanhar o dia todo. Não aceitei. 2º não o conhecia de lado nenhum. 2º Teria de ir no carro dele. Nunca faria isso! É horrível, dizerem-nos e falarem-nos em secretariado e depois dar-mos c vendas porta-a-porta.

O que está envolvido em se preparar para uma entrevista? Talvez queira fazer uma pesquisa sobre a empresa na qual você espera trabalhar. Quanto mais souber sobre a empresa, melhor será a impressão que causará durante a entrevista. Sua pesquisa também o ajudará a descobrir se a empresa tem o tipo de trabalho que você quer ou se é nela que deseja trabalhar.

InfoJobs não pode controlar todas e cada uma das vagas de emprego publicados, de forma que não pode assumir a responsabilidade sobre seus conteúdos. De todas as formas, periodicamente se revisam as vagas de emprego para assegurar que estas regras de uso se cumpram. Se observa que algum conteúdo de InfoJobs é impróprio ou não cumpre com estas regras, não hesite em nos contatar através do Serviço de Atendimento ao Cliente.


“Sempre trabalhei com contabilidade em grandes empresas. Minha cartela de clientes era grande e meu salário também, mas vivia sobrecarregada, cansada, estressada. Não tinha tempo para nada nem ninguém. Para se ter uma ideia, casei em uma sexta-feira e já tive que retornar ao trabalho na segunda-feira seguinte. Minha vida era assim: non-stop! Até o dia em que descobri que estava grávida. Não tinha planejado - até porque se fosse planejar nunca acharia tempo! O susto me fez parar e avaliar minha vida naquele momento. Não era saudável! E do jeito que minha rotina era bagunçada, sabia que mal conseguiria passar tempo com meu filho, mas pensava: “Tantas mulheres dão conta... Não sou eu quem vai abrir mão da carreira”. Então, mesmo sabendo que não era o ideal para mim, estava decidida a retornar após minha licença-maternidade. Trabalhei até a véspera do nascimento de Gabriel, estressada. E tenho certeza de que esse estresse todo refletiu no parto -- queria normal, mas fui obrigada a fazer cesárea. E meu filho ficou na UTI neonatal por uma semana com problemas de respiração. Isso tudo me fez pensar se era esse o exemplo que queria dar a ele. Então, após o primeiro mês, que foi o mais puxado, comecei a pesquisar na internet como funcionava o trabalho de consultoria contábil online. Meu marido, designer, me ajudou a montar uma página na internet em que eu ofereceria meus serviços como contadora. Comecei a conversar com amigos e pessoas da minha rede: eles estavam felizes com seus contadores? Do que sentiam falta? Se pudessem, prefeririam contratar um serviço personalizado, em vez de contratar uma empresa? A partir de um feedback superpositivo, percebi que não precisava continuar no meu emprego para poder trabalhar! Montei, então, três pacotes diferentes para atender perfis distintos e comecei a divulgar pelas redes sociais -- tudo isso, claro, no anonimato, pois ainda estava empregada. Em cerca de três semanas já tinha fechado pelo menos quatro contratos. Assim, criei coragem de pedir demissão assim que retornei da licença.
×